Sistema de Serviços (Spiritia)³

Fórum Oficial do Sistema de Serviços (Spiritia)³
 
InícioPortalClique para ir aos Contratos!MembrosRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Arquivo: Historia do 1º Grande Evento Mercenário.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Soulmt, O Ancião.
Regentes
Regentes
avatar

Mensagens : 80
Data de inscrição : 19/04/2012
Idade : 21

MensagemAssunto: Arquivo: Historia do 1º Grande Evento Mercenário.   Sab Set 15, 2012 7:48 pm

1º Grande Evento Mercenário!

Esta Historia se passa no dia 14 Septangel 359, sobre um Ferreiro muito pouco Habilidoso de Ankama. Todos os Dias ele fazia centenas espadas de Bonsai para nunca perder sua experiencia. Orgulhoso empunhava um Martelo do melhor ferreiro de Ankama, porém o juri era sua própria filha.

Em uma manhã ele fora caminhar pela Floresta Maléfica. Estava indo caçar alguns Oni's. Meramente um treinamento diário dele. Quando que naquele dia ele encontrou uma estanha esfera azul. Ela emanava um poder diferente. Com interesse de fazer com esta uma espada rapidamente a escondeu em seus bolsos. Com pressa fugiu de todos os Chafer daquela região, alguns irritados chegou a o seguir até o mercado dos Mineiros locais.

Já de tarde em sua casa ele pegou 2 cristal, 2 safiras, 4 pedras de Cobre, 2 bauxitas, 2 esmeraldas e 2 diamantes. E começou com todo seu esforço a fazer a espada. Derreteu os Metais, moldou a forma da espada, com uma única diferença do original, deixou um espaço para anexar a Esfera Azul. Já de noite ele pegou seu martelo, sua nova espada e a Esfera Azul. Levemente começou a pregar a esfera em sua espada. Na sua ultima martelada, sentia o próprio suor. E pronto! Sua nova espada estava pronto para ser usada. Correu para a Florestas dos Treechnid para testar sua nova espada. Ao ver o primeiro Treechnid das Sombras levantou sua espada, gritou e perfurou o inocente Treechnid. Perfurou, porem a espada não queria sair, estava totalmente presa.

O Ferreiro por mais que tentasse não conseguia tirar a espada. Já tinha amanhecido. Seu próprio orgulho existia nela! Ele persistiu em tirar. Tentou tirar a todo custo, não se importando com a dor do inocente Treechnid. Até que um momento a espada cedeu, se partiu.

Naquele pequeno Mundo dos Doze este fragmento magico voou bem alto, tal como um meteoro. Muitos aventureiros se assustavam. Os mais sábios de Ankama até pensou que iop votou a usar adagas de palito de dentes.

O Ferreiro se abalou. Chegou a revindicou sua vida Social. Escreveu uma carta contando tudo que aconteceu. Colocou dentro do cadáver do inocente Treechnid. E desapareceu de qualquer registro da Ankama daquela época.

E no dia 8 de Septangel 642. Quando um aventureiro estava a Matar Treechnid's das Sombras. Viu algo a brilhar entre as arvores. Era a carta daquele antigo ferreiro juntamente com um relojo de madeira. Ele pegou a carta, abriu e leu. Comoveu-se, mas teve uma preocupação maior. Onde será que foi parar o Fragmento daquela espada? Para que serve este relojo? Ele pouco a pouco começa a descobrir sobre os segredos daquela carta. E percebe que dia 15 seria o dia perfeito para caçar o fragmento, e não só...
Aquele Bravo aventureiro, matador de Treechind, reuniu seus amigos para a Caça da Esfera. Todos surpresos com a Historia rapidamente foram para aonde estava a carta. E começaram a investigar.
- Krypyonite: Vamos procurar pela esfera. Mas aonde? Que tal em Brakmar?!
- Mago-Sten: Não podemos... A esfera saiu voando, então temos que ir em um lugar alto.
- Punition: Realmente Iop são burros... Bom, que tal irmos em algum Lugar alto? Como... Templo de masqueraider?
- Soulmt: Boa ideia, vamos lá procurar!


Juntos subiram até ter uma boa vista no Templo. E notaram uma estranha luz nunca antes vista! Ela era azul e seguia para Kania, eles ficaram assustado!
- Punition: Vejam aquela luz azul! Deve ser o rastro da Esfera!
- Krypyonite: Para onde ela vai?? Para o continente Pandala?
- Soulmt: Não Pandala é mais para o leste. Vamos ver... Parece ir para Cania.
- Mago-Sten: Segundo a carta, ele deve ter desaparecido em uma taberna de neve, acessando-a através de uma passagem secreta em Cania. Vamos lá conferir!


Foi bastante procura neste momento um de seus amigos, Lucas, se juntou ao grupo. Eles andaram por todos os lados, usaram o transporte dos diabinhos múltiplas vezes em procura da linha azul. Até que acharam ela... em cima das altas planícies de Kania! E começaram a tentar subir.
- Soulmt: Está muito Difícil, minhas asas estão a me atrapalhar!
- Punition: Eu sou um Sacrier! Vou subir nestas pedras afiadas.
- Lucas: Vamos então. Soulmt, vamos aproveitar este arbusto para subir.
- Soulmt: Ok. Tome cuidado para não quebrar! Bom, era um arbusto...
- Mago-Sten: Um Xelor sempre chega primeiro! Já estou quase lá! Pronto, Krypyonite, me de sua mão.
- Krypyonite: Ok, Obrigado.


Ao conseguirem subir eles encontraram uma passagem secreta. Também marcas estranhas. Algumas brilhavam um fino azul. Com certeza era da Esfera Azul, e como era, apontava para onde a esfera se dirigiu!
- Mago-Sten: Como Disse aqui é a passagem secreta. Ele diz ter ido para uma antiga ilha com ela.
- Lucas: Essas marcas me deixaram curioso. Vou ficar aqui e investigar. Pode ir sem mim.
- Punition: Precisamos arrombar essa porta. A passagem está quebrada!
- Krypyonite: Cólera de Iop! Agora, podem me dizer, que passagem?
- Soulmt: Iop's, acham que Bonta e Brakmar é a mesma coisa... Vamos entrar!


No final todos chegaram a uma taberna estranha. Lá Salloia se uniu ao grupo, pois estava a pesquisar de que cor era os intestinos dos habitantes mais poderosos do local. Todos decidiram descansar um pouco. Decidiram ficar passar a noite ali. Arrumando as coisas para dormir, quase todos de ressaca, viram um fantasma a atravessar a parede. Assustados! Levantaram suas armas, e rezavam em nome do seus deuses. Porém o fantasma era do Lenhador Ancestral. Ele contou que ao morrer não conseguiu partir para o outro mundo, então ficou neste mundo a vagar por um seculo. Até que pensou que se pegasse a esfera novamente sua alma poderia partir. Após algumas centena e dezenas de anos de procura ele achou a esfera. Mas mesmo assim ele não partiu. Os Mercenários então decidem ajudá-lo. Decidem fazer um grande evento em homenagem ao pobre fantasma! Pois assim, ele poderia partir, desprendendo-se sua alma da existência daquela amaldiçoada esfera. Que na verdade era o real objetivo dos Mercenários, que nunca, NUNCA! fazem nada de graça.

Os Mercenários o fizeram o que prometeram! Fizeram uma grande corrida na rota da esfera, para que a alma do antigo Ferreiro pudesse partir! Começaram no Templo Xelor partindo para a Baía Rochosa de Astrub, seguiram para Cania depois para Sankai e Barco para Frigost finalizando no Altar do Sacrifício. A cada aventureiro que fazia este percurso honestamente a esfera sedia um pouco de poder. Com este poder o Aventureiro era capaz de invocar qualquer Monstro do Jogo! Feito um osomodas invocaram tantas criaturas que encheram a torre de Gisgou. Quando mais aventureiros chegavam mais fraca ficava a esfera. Até que uma Hora a esfera não suportou e caiu no chão se trincando. A alma do Ferreiro foi liberta! Os Mercenários em meio a tanta diversão até se esqueceram do seu interesse na esfera... na verdade não. Em breve verão os resultados nas pesquisas Mercenárias! Quando um Dominó cai, sempre terá outro para cair junto...



Última edição por Soulmt, O Ancião. em Dom Set 23, 2012 5:18 pm, editado 3 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://spiritiaaocubo.maisforum.com
 
Arquivo: Historia do 1º Grande Evento Mercenário.
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» [Filme] O Grande Truque - The Prestige
» [Tiger-Tutorial] Criando um avatar grande no PS
» Gente Grande – DVDRip RMVB – Dublado
» Não consigo enviar anexos
» Como por minha image grande no forum

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Sistema de Serviços (Spiritia)³  :: Constituição Mercenária-
Ir para: